quarta-feira, 26 de outubro de 2016

PARQUE NACIONAL DOS LENÇÓIS MARANHENSES - MA, SONHO REALIZADO!!!



O Sol estava se pondo, e a gente tinha que correr contra o tempo pra dar tempo de assistir ao espetáculo, MAS, correr contra o tempo significava correr mortos de cansados, subir e descer dunas, até chegar à mais alta e próxima de nossos carros... Incrivelmente, todo mundo conseguiu tirar forças do cú pra isso!
É inacreditável olhar as fotos, mesmo quase dois meses depois de estar lá... Olhar foto e ler descrição do que senti não chega perto da sensação de grandeza que sentimos quando pisamos num lugar desses... Não somos pequenos, muito pelo contrário, SOMOS IGUAIS!!!




Quando todo mundo já tinha conseguido alcançar a altura máxima para ver o show de laranja no horizonte, e tinha gente pra todo lado, eu sentei na duna, já não suportando mais ficar em pé, e tirei as fotos sentada mesmo...
Areia em toda a câmera, areia nos cabelos, areia no corpo, nos dentes, no estômago e no coração, rsrs! Deixar esse lugar pra trás, só dói mesmo, quando já estamos aqui em SP... Porque, ao descer as dunas pra entrar no carro, lá vai mais uma hora de diversão, com o cair da noite, em meio a trilha de areia, mato pra todo lado, até começar a aparecer as casinhas do povoado em Barreirinhas...



Chegamos no hotel/pousada do Rio, pousada muito boa, e o pessoal que fechou meu pacote solicitou à pousada que eu tomasse banho lá, antes de voltar pra casa, uhuuuu pra mim!
Saí do banho, meu taxisista pessoal já me esperava, para 3hs de estrada até o aeroporto de São Luís... Eu estava moooorta de cansaço, de sono, mas não confio em homem, e não fechei os olhos!
Fizemos uma parada no meio do caminho, pra comer uma pela pizza maranhense, delicioooooosa, e continuar a estrada... A pizza foi comida em SP, na hora do almoço, fria e divina!!!





O Alan foi um cara da hora, meu conselheiro espiritual, kkkkkk, gente boa! Me explicou muita coisa sobre turismo no Maranhão, afinal, ainda não pisei na Chapada das Mesas, AINDA...
Me deixou no aeroporto, acho que ia dar meia noite ou já era, não lembro... Sei que dei meia volta pra ver lojinhas artesanais, o aeroporto é “ grande “, comparado ao de Teresina...
Sentei na cadeira pra esperar meu vôo, só deu tempo de ver um cara chavecando uma mina, morri!
Quando acordei no susto, achei que tinha perdido meu vôo, faltava meia hora pro embarque...





A região próxima aos portões de embarque é uma surpresa, não parece que o aeroporto tem tudo aquilo escondido! Lojas tops, adorei...
A fila de embarque é bem destino à SP mesmo – só paulistanos = gente séria, com cara de amargura, roupas pretas e jeans, olhando o celular...
Fiz amizade com um cara gente boa no avião, sentou ao meu lado, ele foi prestar concurso pro INSS??? Não lembro, estava suuuuper atenta ao papo... Mas, tomara que ele tenha conseguido!




O avião subiu na madrugada do Maranhão, e só abri os olhos quando a luz do Sol em SP clareava tudo lá dentro...
A bola laranja que não tirei foto porque a câmera estava na mochila, dentro do bagageiro...
Desci do avião vasando, eram 06:40hs, tinha que entrar às 08:00hs no serviço, era segunda feira, SP é um inferno...
Cheguei uns 15min atrasada, já tinha avisado, enfim, passei o dia sonhando...
Na hora do almoço, eu olhava as fotos na câmera, e não acreditava!
Eu não queria falar com ninguém, apenas sonhas com as belezuras do meu país!
Foi tudo tão rápido, mas tudo tão bem aproveitado...





Alguns acontecimentos são únicos em nossas vidas, não só pelos endereços, não só pelas rodovias, mas por tudo o que passamos, pelas pequenas e grandes coisas todas juntas, dentro de nós, chamadas = SATISFAÇÃO!
É uma decisão que você toma na vida, é um dinheiro que você desloca de seu orçamento, e que vai sim te fazer falta, é um final de semana que você vai viver diferente, com pessoas diferentes, em lugares diferentes, sensações diferentes, tudo muito enriquecedor, tudo muito transformador...



A cada viagem, a cada estrada, a cada caminho, você se descobre um novo ser, você descortina uma nova vida, você REAL vem à superfície, e quanto mais estamos em contato com a Natureza, mais estamos perto de nós mesmos, de nós de verdade!

 
Não faz muito tempo, mas, ultimamente, tenho feito minha vida valer à pena, seja com pequenos ou grandes momentos, seja gastando R$ 2,00 com um Suflair no centro de SP, seja gastando mais de R$ 2.000,00 num final de semana, como foi esse... E cada vez mais me sinto verdadeiramente integrada ao que o Universo exige de mim  = VI-VA!!!

 
FAÇA O MESMO POR VOCÊ!!!

(Por razões óbvias, essa foto não é minha, mas EU - PISEI - AÍ!!!  Estávamos do lado de lá, na ponta extrema leste do Parque, enquanto que a foto já tá aqui próximo à São Luís!)