quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

CBN E TEATRO MUNICIPAL APRESENTAM: PAULICÉIA DESVAIRADA - 462 ANOS!!! (PARTE I)



























" Eu fico com a pureza da resposta das crianças
É a vida, é bonita e é bonita
Viver e não ter a vergonha de ser feliz
Cantar.. (E cantar e cantar...) A beleza de ser um eterno aprendiz
Ah meu Deus!
Eu sei... (Eu sei...) Que a vida devia ser bem melhor e será
Mas isso não impede que eu repita
É bonita, é bonita e é bonita

Viver e não ter a vergonha de ser feliz
Cantar.. (E cantar e cantar...) A beleza de ser um eterno aprendiz
Ah meu Deus!
Eu sei... (Eu sei...) Que a vida devia ser bem melhor e será
Mas isso não impede que eu repita
É bonita, é bonita e é bonita

E a vida?
E a vida o que é diga lá, meu irmão?
Ela é a batida de um coração?
Ela é uma doce ilusão?
Mas e a vida?
Ela é maravilha ou é sofrimento?
Ela é alegria ou lamento?
O que é, o que é meu irmão?

Há quem fale que a vida da gente
É um nada no mundo
É uma gota, é um tempo
Que nem da segundo,
Há quem fale que é um divino
Mistério profundo
É o sopro do Criador
Numa atitude repleta de amor
Você diz que é luta e prazer;
Ele diz que a vida é viver;
Ela diz que o melhor é morrer,
Pois amada não é
E o verbo sofrer.

Eu só sei que confio na moça
E na moça eu ponho a força da fé
Somos nós que fazemos a vida
Como der ou puder ou quiser

Sempre desejada
Por mais que esteja errada
Ninguém quer a morte
Só saúde e sorte

E a pergunta roda
E a cabeça agita
Fico com a pureza da resposta das crianças
É a vida, é bonita e é bonita

Viver e não ter a vergonha de ser feliz
Cantar.. (E cantar e cantar...) A beleza de ser um eterno aprendiz
Ah meu Deus!
Eu sei... (Eu sei...) Que a vida devia ser bem melhor e será
Mas isso não impede que eu repita
É bonita, é bonita e é bonita "
ETERNO APRENDIZ - GONZAGUINHA

domingo, 24 de janeiro de 2016

" ADORARÁS SÃO PAULO SOBRE TODAS AS COISAS "... 462 ANOS!!!

AVENIDA PAULISTA - 1970

                                                               AVENIDA PAULISTA - 2013

VALE DO ANHANGABAÚ - 1960

                                             VALE DO ANHANGABAÚ - 2011

                                                      MUSEU DO IPIRANGA - 1888

                                                        MUSEU DO IPIRANGA - 2012

                                                      CATEDRAL DA SÉ - 1950

                                                    CATEDRAL DA SÉ - 2012

                                                  MOSTEIRO DE SÃO BENTO - 1860

                                                MOSTEIRO DE SÃO BENTO - 2015

O PAULISTANO QUANDO AMA SÃO PAULO, AMA ATÉ OS DENTES... Isso não quer dizer que fechamos os olhos para a miséria, a violência, o trânsito infernal, entre tantas outras coisas que poderiam ser melhores, portanto, teríamos uma cidade melhor!
São Paulo é o maior centro financeiro da América Latina!
São Paulo abriga trabalhadores do Brasil e do mundo todo!
São Paulo para fazer turismo, enquanto Estado, teria de ser uma semana, no mínimo...
São Paulo tem de tudo, 24 horas por dia!
Eu sempre amei andar no Centro de São Paulo, desde a primeira vez que foi om o meu pai, eu tinha entre 6 ou 7 anos, não lembro, e me encantei por toda a arquitetura antiga, pelos grandes edifícios, e pessoas loucas com pressa pra lá e pra cá, e o metrô, os transporte em geral... Meu pai me mostrou um caminho sem volta, rsrs,,,
Já trabalhei nas quatro zonas de São Paulo, principalmente zona sul, além de um bico ou outro na Grande São Paulo...
Mesmo sem grana, aqui tem o que se fazer!
Os melhoooores shoppings do país!
As melhores baladas...
(Rs, algumas outras coisas melhores ficam pros ooooutros estados!)
Cada vez que estou pelo mundo e volto pra São Paulo, meu coração se alivia e se alegra, como se eu tivesse deitando na minha cama limpinha e confortável!
Um conselho à você, Paulistano: Dá uma olhadinha pra sua cidade!
Um conselho à você, turista do Brasil e do mundo: TRAGA UMA CÂMERA!!!
Parabéns CIDADE DE PEDRA, ciiiiinnnnnza sem limites, baderna, inferno, loucura, e tantos outros adjetivos que te dão... MEU CORAÇÃO É SEU!!!


Today.


quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

UMA CARTA DE GRATIDÃO!!!




HÁ EXATAMENTE UM MÊS ATRÁS, eu sonhei que eu e minha mãe estávamos na casa dela, mas não era a casa dela, era diferente... E da janela, da imensa janela, víamos o Universo... O manto escuro coberto por estrelas e astros... Até que a luz do Sol de apagou!
Eu acordei, e não lembrava do sonho, fui terminar minha faxina! Minha irmã me ligou dizendo que era pra eu ir logo pra casa da mãe, eu nosso irmão estava morrendo...

A gente costuma procurar a ouvidoria disso ou daquilo pra fazer centenas de reclamações de instituições e empresas no geral, mas dificilmente, usamos o hábito de elogiar qualquer serviço prestado à nós!
No dia 20 de dezembro de 2015, meu irmão foi internado no Hospital Estadual de Sapopemba, direto para o tratamento da pneumonia!
Desde então, todo o trabalho da UTI 1 deste hospital foi colaborar para que meu irmão vivesse!
Esquecendo completamente que eu sou a irmã do paciente, eu fiquei com dó do Dr Vitor, quando ele veio me dizer no dia 31 de dezembro, que o estado dele se agravara, e que a equipe dele estava otimista com o caso, mas o fígado não respondia, os rins não respondiam mais...
É alguém que lutou pelo meu irmão, mais do que meu próprio irmão!
Eu me sinto honestamente com saldo devedor com esse povo... Um pessoal sempre sorrindo, atendendo de boa vontade às nossas questões, aos mimos dos pacientes, e não foi só om o meu irmão todo aquele cuidado...
Eu lamento que muitos desses profissionais - anjos, não vejam seu trabalho com vitória, quando o resultado é óbito!
Quando estamos numa loja vendendo e falta tão pouco pra bater a meta mensal, e não conseguimos, é frustrante, depois de uma luta de 30 dias, imagine vocês, se colocar a certeza de que vai devolver a vida à alguém, e esse alguém se vai...
Isso serviu de lição!
Para que passemos a olhar tudo e todos com mais generosidade, com mais Amor! Se não é por uma causa, é outra, mas todo mundo busca o Bem , à sua maneira!

OBRIGADA À EQUIPE DA UTI 1 DO HOSPITAL ESTADUAL DE SAPOPEMBA!



FIQUEM NA LUZ.

Att

Michele S/A

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

" NÃO QUERO OUVIR SERMÃO, NÃO QUERO QUE TENHAM DÓ DE MIM "... EDUARDO S/A


... HOJE ME PASSOU TANTA COISA PELA CABEÇA... Por um momento, no serviço, graças ao ar condicionado, parecia que eu estava ouvindo o som do aparelho para respirar, ligado ao meu irmão, e me vi dentro daquela sala de isolamento, no Hospital Sapopembinha, logo depois, no Hospital Estadual de Sapopemba...
Aquela louca vontade de chegar na recepção com meu RG, e dar o nome dele, e me mandarem subir... Num súbito momento de insanidade, abrir a porta da UTI, e encontrar ele no leito, esperando por mim...
Eu sentei na privada do serviço, e só pensava: " Meu irmão está debaixo da terra ! ", e a lembrança do caixão descendo, e a terra sendo jogada...
Eu não quero me acostumar com esse sonho ruim, eu quero acordar, ligar pra ele, e ele me xingar de cuzona como sempre, e dizer que tá na cama dormindo, apesar de ser 14:00hs...
Sabe, aquela sensação de... O quê eu podia ter feito? O que eu deixei de fazer??? De sacudir ele assim, e dizer que ele não podia desistir da vida... E dizer, egoísticamente, que eu o amava demais pra aceitar a decisão dele...
Era impossível olhar ele magro daquele jeito, porque é impossível conseguir olhar alguém que você ama se afundar cada vez mais...
O dia que ele mexeu a sobrancelha na UTI, me respondendo que ele sabia que era eu que estava ali... Não havia expressão alguma em seu rosto, a boca ocupada com um tubo ligado ao pulmão ferido de dor, de mágoas, de tristezas... Um menino tão novo na idade, e tão velho na coragem, que já nem mais a usava...
Eu confesso à vocês, que eu gostaria mesmo de ter certeza que ele está bem onde está, porque eu não acredito no que as pessoas dizem, as pessoas que tem informações sobre isso!
A vida inteira ele se largou pra viver de o que os outros iam pensar, aparência, vergonha versus vaidade, nunca viveu pra si, e de repente, o cara tá na Luz, como se seu passado não tivesse peso algum, como se suas escolhas não tivessem causado o mal em sua própria vida! Por estudar a espiritualidade a vida toda, eu sei que não é bagunçado assim, e temo que meu irmão esteja perdido...
Era um menino tão bonzinho, ajudava e fazia favores para todos, desde pequeno... Eu trabalhava sempre muito longe, e pedia pra ele me levar isso ou aquilo pra mim, resolver qualquer coisa pelo mundo, e assim ele foi conhecendo São Paulo, e se achando no seu  mundo...
Eu adorava bater papo com ele sobre espiritualidade, e não tinha fim, e acabávamos vencendo pelo cansaço, pelo sono...
Se santo de casa fizesse milagre... Tanto que discutimos por eu querer proteger o menino desprotegido por si mesmo! Ele não se tinha, e eu sabia disso...
Eu e minha mãe ficamos recordando a humilhação que ele passou a vida inteira por ser gordo e gay, e tanto desaforo que ele teve que engolir pra viver nessa merda de sociedade hipócrita, que aponta o dedo pro outro, ao invés de enfiar o dedo no próprio cú!
Dia 30 de dezembro eu cheguei no hospital, e ele me disse que comeu papinha! Talvez, tenha sido um dos melhores dias da minha vida, porque eu saí dali tendo certeza de que ele ia viver, que na semana seguinte já comeria comida... Eu sinto o cheiro do suor dele nas minhas lembranças, ele suava muito no hospital...
Ele não morreu no hospital, ele morreu antes... Morreu de desgosto e tristeza!
Criamos expectativas à respeito de nossa vida, como se pudéssemos cumprí-las todas... Mas, nem sempre isso acontece, e vem a frustração... O grande problema é quando são sucessivas frustrações... Daí você vai abusando entre um caminho e outro, e sai misturando caminhos, para ver se você mesmo se acha, porque já conseguiu se perder...
É foda amar! É foda você viver com alguém durante vinte sete anos de sua vida e saber que esse alguém nunca cresceu, porquê é incapaz de cuidar de si mesmo... Que valor ele tinha pra ele? Importância? Respeito? Se eu falei, se eu aconselhei??? O que eu sou aqui é uma réplica do que sou no mundo real, e não virtual... Já arrumei briga demais por querer cuidar de todo mundo, até entender que as próprias pessoas, donos de suas vidas, é que querem se foder... Não há ninguém no mundo que tenha poder de acabar com sua vida que não seja você mesmo!
Falei até cansar, falei até gastar o latim, falei até nos distanciarmos e não querer olhar um na cara do outro, e o quê adiantou? Eu sabia demais, porque eu sei tudo, como todo mundo diz, e infelizmente, eu não queria estar com a razão! Eu não queria estar certa, bem como tirar licença do serviço por conta da Declaração de Óbito do meu irmão, EU NÃO QUERIA TER RAZÃO, e eu estava odiavelmente certa, o tempo inteiro, desde que ele nasceu!
Caaaaaaaaaaaaansa lutar por amor, quando a outra pessoa tá muito bem vivendo sem ele... (E a gente sabe que não tá bem porra nenhuma, que não há aparência bonitinha que consiga enganar o que eu sinto!)
Vontade de tirar assim do caixão e dar taaaaanta na cara, com chinelo... " Acha mesmo que eu queria ter razão, seu filho da puta??? " , EU NÃO SOU SUAS AMIGUINHAS!!! Porquê não me avisou o que estava acontecendo, olha o que o seu orgulho fez com você?! Precisava perder a vida pra entender que ela podia ser boa??? Que poderia fazer diferente? COVARDE!!!

Não quero mais falar...



Now.