Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

A HORA É AGORA, MINHA GENTE!!!

Imagem
CADA MINUTO, CADA DIA, cada tarde, cada noite!
Esteja onde estiver, aconteça o que for, fazendo o que estiver fazendo...
Antes, o povo dizia para aproveitar a vida, pois ela é muito curta... Infelizmente, a vida não ficou tão curta como está agora!
É certo que, todos os dias, corremos o risco de ser e viver o nosso último dia, e, claro, não ter vivido ele da melhor maneira...
Corremos o risco, de no meio do expediente, com o chefe enchendo o saco, cheio de serviço pendente, você ter que ir até o banco, atravessar a rua, e um carro te jogar longe... Como a vida é mesmo um saco, é mais fácil a gente morrer nessa circunstância, do que na praia, tomando água de côco, e poder dizer que morreu feliz e em paz... Até pra morrer vai ser na perturbação, rsrs!
NUNCA, ANTES, VIVER FOI TÃO OBRIGAÇÃO NOSSA!
NUNCA, ANTES, FOI TÃO MAIS SÉRIO E IMPORTANTE, COMO É AGORA...
Cada abraço, cada ligação...
Cada " obrigada ", ou " me desculpe ? "
Cada " eu te amo ", ou " v…

PRESTA ATENÇÃO :

Imagem
LEMBRO QUE NO FINAL DO ANO DE 2012, eu estava recebendo seguro desemprego, e aproveitei pra ganhar um dinheirinho a mais entregando panfletos... Era divertido, um pouco cansativo, mas era um lazer pra mim! Fazia isso lá no Itaú-Unibanco do Metrô Conceição, e passava muita gente, diariamente, para sua rotina de trabalho...
O admirável no Itaú é o fato de que quase 50% dos seus funcionários são deficientes físicos, e isso nos causa vontade de ser melhores do que nós somos! De aproveitar cada órgão saudável em nosso grupo celular!
Tinha um rapaz, em torno de seus quarenta anos, que não tinha os braços e nem as pernas, e ele manuseava a cadeira de rodas com um pedacinho do braço direito, quase ombro! Um semblante determinado, destemido, dono do que faz... Passavam milhões de coisas na minha cabeça! Inclusive, a quantidade grotesca de vagabundos que existe nesse planeta! Gente mamando na teta do Governo, dos pais, de familiares ou amigos... Um homem sem os braços e as pernas trabalhava to…

DESCULPE-NOS O TRANSTORNO, OBRAS NO LOCAL!

Imagem
Calma, podem ficar tranquilos!
Quem gosta de ver as novidades do Blog, bem como as postagens, aguarde até o final deste mesmo mês para testemunhar muitas novidades... Planos, planos, planos!!!
Enquanto isso, sinta-se em casa para abrir a geladeira, deitar no sofá com a latinha na mão, assistir TV até babar nas minhas almofadas!!!
Na barra lateral, existe a aba "Arquivo do Blog ", e tem muuuuuuuita coisa boa ali, aproveite minha ausência!
Você pode aproveitar para fazer uma visita aos sites que eu indico, que também se encontra na barra lateral...
Pode muito bem criar um Blog, e me mandar um convite, o que acha?!
No momento: Tinta pra todo lado, massa corrida, gesso, lixa, luzes, puffs, almofadas, livros, madeiras e escadas... UMA ZONA!!!
Aguardem, beijos!


Tonight.

FELIZ DIA DOS PAIS!!!

Imagem
Essa fotografia é de 1984, eu no colo do meu pai, e a Mileide também... Eu tinha dois anos...
Morávamos numa casa de madeira... Provavelmente, quem tirou essa foto foi a minha mãe! Meu não vivia sem uma câmera, parece até que eu tive a quem puxar!
Falando um pouco do seu Juca: Era uma criança sonhadora e doce, morando com os pais e a irmã mais velha em Maceió - AL...
O mundo não passou mais a ser o mesmo depois da separação dos pais, e então, veio ele e sua irmã tentar a vida em São Paulo, e desde então não pararam!
Infelizmente, minha oportunidade de conhecer o ser humano que era durou dez anos...
Eu sei que ele era afetivo...
Eu sei que se estivesse aqui, nos daríamos muito bem...
Se foi com a idade que tenho hoje, num sábado difícil de acreditar...
Poucas vezes pronunciei a palavra " pai " para falar ou pedir alguma coisa...
Não sei dizer se ele não era um pai presente, ou se minha mãe não dava espaço pra isso!
Ele era sábio... Um homem novo, que já tinha sofrido o pão q…

" CASINHA BRANCA " - GILSO & JORAN - 1979

Imagem
Tenho andado tão sozinho ultimamente
Que nem vejo em minha frente
Nada que me dê prazer

Sinto cada vez mais longe a felicidade
Vendo em minha mocidade
Tanto sonho perecer

Eu queria ter na vida simplesmente
Um lugar de mato verde
Pra plantar e pra colher

Ter uma casinha branca de varanda
Um quintal e uma janela
Para ver o sol nascer

Às vezes saio a caminhar pela cidade
À procura de amizade
Vou seguindo a multidão

Mas eu me retraio, olhando em cada rosto
Cada um tem seu mistério
Seu sofrer, sua ilusão

Eu queria ter na vida simplesmente
Um lugar de mato verde
Pra plantar e pra colher

Ter uma casinha branca de varanda
Um quintal e uma janela
Para ver o sol nascer



Tonight.

CASAMENTO DE KELLY & ISAAC... LINDO!

Imagem