domingo, 27 de janeiro de 2013

"LOVE & RESPECT"

Hoje é dia 27 de janeiro de 2013, são 02:27hs da manhã, e estou ouvindo "Enter Sadman".
Fiz questão de colocar o "Black Album" pra tocar, porque durante toda a adolescência, e poucas vezes nos dias de hoje, quando dá pro "pessoal" se reunir, meus amigos do João Camargo e da juventude, enfim, dão um jeito de deixar o "Black Album" de plano de fundo de nossas conversas... A última vez foi voltando do casamento do Cal com a Sol, no carro do namorado da Clarissa, novembro de 2012.
"Banda chata, quem ouve isso ainda???", rsrs, comentário meu... E por mais que eu fique um tempão (um tempão de verdade) sem ouvir Metallica, quando ouço canto todas, porque flui como o ar que respiro, é absolutamente natural!
Eu acabei de assistir ao "Some Kind Of Monster", e fazia três anos que não via... Afinal, a última vez foi antes do dia 30 de janeiro de 2010... Olha, dia 30 vai fazer três anos que vi meus meninos... Três anos!
Rs, acho que nunca vou esquecer como eu tremia, ao som de "The Ecstasy Of Gold", na abertura do show no Morumbi... O estádio completamente lotado, e como eu estava na arquibancada, a perspectiva ficou fascinante... Não vi as caretas dos caras no palco, mas assisti a um espetáculo!
"One", foi inesquecível... O Morumbi parecia um inferno vermelho de luzes e fogos!
"Blackened", com seus momentos "fire", queimando nosso rosto com os fogos no palco...
E "Enter Sadman", que nos DVD's eu pulava, nos cd's, enfim, nunca curti muito por ser muito manjadona, foi do caralho!!! O estádio inteiro numa mesma voz, todo mundo rouco de tanto gritar... E... Por isso não devemos negar momentos que com certeza serão históricos nas nossas vidas, e mesmo que eu não tivesse grana pra comprar ingresso de pista premium, hoje eu posso dizer: "Eu estava lá"!
O Lars olhando pra nossa arquibancada, parado, sorrindo no palco... Que carinho fraterno!
(Tá tocando "The Unforgiven" agora... ADOLESCÊNCIA, dá até um aperto no coração! )
É ainda estranho pra mim o fato d'eu voltar pra casa naquele dia como se nada tivesse acontecido... Como se o maior sonho da minha vida, no aspecto rock n' roll, não tivesse realizado...
Meus amigos, essa galera das antigas: "Pô Mi, fiquei sabendo que cê foi pro show do Metallica! Caramba, e como é que foi?"... Claro, sabendo eles da fã que sempre fui, acho que pensaram que morri durante o show de tanta emoção... De fato, até a banda toda entrar, era a Michele ansiosa realizando seu sonho, but... Parece que fui anestesiada... Até hoje, não consigo encontrar resposta pra isso...
Depois, fiquei meeeeeeses sem ouvir Metallica... Cheguei a assistir "Orgulho, Paixão e Glória"  que comprei no mês seguinte, e era como se estivesse vendo o show de novo... Assisti "The Big  4" em dezembro, que ganhei de amigo secreto, mas foi só... Não havia mais contato entre "nós", rs...
Falando assim, quem lê isso agora pensa que me decepcionei com a banda durante o show... No, o Metallica nunca vai me decepcionar... Eu me decepcionei comigo! Sei lá, achei que fosse explodir de alegria... Na verdade, até caiu minha pressão e tive que parar de balançar a cabeça durante a "Fade To Black"... Único show até hoje que fiquei malzinha... Depois disso,  contava os minutos no relógio pra acabar logo o show... Rs, a única concllusão que tenho a respeito disso, é que sofri um ataque energético filho da puta nessa noite, e pra mim só pode ter sido isso... De todos os shows que assisti na vida, o da minha banda preferida foi o menos legal... Alguém tem uma lógica mais plausível? Cheguei a pensar que não amava a banda como imaginava e me toquei disso durante o show, but, de lá pra cá, meu espírito tem me provado que Metallica me devolve a vida, como agora pouco, estava morrendo de enxaqueca, coisa que quase não sinto na vida, e comecei a assistir o filme, começou a passar, já estou melhor!
Eu estava um tempão sem assistir ou ouvir Metallica, quando minha amiga Bruna me chamou pra uma balada, em setembro de 2011, que teria a banda cover do Metallica, "Spectroz"...
Com dezoito dias que tinha feito a cirurgia, eu pulei de salto alto como uma louca, rsrs... Amei, me revigorizou, me ressucitou, entende? Sentia as músicas vibrarem em minhas veias, com toda a alegria possível!
Eles lançaram ressentimente o "Quebec Magnetic", DVD, e ainda não comprei... Não tô com muita pressa, uma vez que é da "World Magnetic Tour", e que além de ter ido pro show, tenho dois DVD's... Mas, vou comprar daqui um tempinho... É que depois de tanto tempo gostando da banda, você passa a ter mais respeito por ela e por você também... Lançaram também, ano passado, um cd que "continua" o "Death Magnetic", e sinceramente não tenho pressa em comprar... É certeza de conteúdo bom, so...Pra que "se matar" ?
Dia 19 de setembro? Se apresentarão no Rock In Rio, e honestamente, por mais que os ame, não tenho o menor saco de ir daqui pra terra do funk, ver um monte de bandas que não quero, entre 200mil pessoas, pra poder ver o Metallica... Prefiro o Metallica sozinho, assim como o Rio é bom pra curtir a cidade.... Acho que não nasci com saco para festivais!
Rs, é engraçado que quando a gente é rockeiro/adolescente, o código que nos identifica são as camisas de rock, o estilo, enfim... E como infelizmente já se passaram anos desde a minha adolescência, quando ando por aí com camiseta do Metallica, eu esqueço disso, e a molecada fica me paquerando... Aí é que vou me lembrar como estou vestida, rs...
Ouvindo agora esse álbum, pareço estar vendo um pedaço do meu passado, perdido no tempo, ou dentro de mim... Dá de verdade um aperto fudido no coração!
E agora assistindo ao filme, fiquei olhando pro Rob e pensando... É por isso que esse cara conseguiu ser o baixista... Humilde pra caralho, decente pra caralho, gente fina e corajoso, afinal de contas, era no monstro Metallica que ele estava entrando, e poderia muito bem ter passado pela humilhação que o Jason sofreu no começo até os fãs aceitá-lo, o que acho infantilóide... Se o Cliff tinha morrido, que culpa tinha qualquer baixista à respeito disso?  METAL UP YOUR ASS!!!
Antes, o cara era "o baixista do Ozzy", agora ele é o Robert Trujillo! Merecido... Durante os testes, a música parecia fluir de seus dedos, como se ele tivesse as criado, desde o começo... Os outros caras pareciam fazer uma força enoooooorme e sacrificiosa com o baixo, e ele tirou de letra! Parabéns Rob!
É engraçado o James né? Sempre esteve no controle da banda, e de repente foi como se tivessem tirado seu chão, seu "porto seguro", com toda a nova proposta da banda... Psicólogo, filme, cd nvo, enfim... Nem todo mundo tem habilidade pra ser si próprio, sem medo do que vão dizer... O Jamie aprendeu muito sobre isso nesse período!
O Kirk sempre tem rezão, na minha opinião, rsrs... E É O MELHOR GUITARRISTA DE TODOS OS TEMPOS, digam o que disserem...
O Lars é o fodão né? Por isso a banda existe há 32 anos... Admiro o Lars pra caralho, como dono da banda, baterista, dono da grana e ser humano... Talvez como figura pública as pessoas o julguem do jeito que lhes convém, mas quem ama o Metallica, sabe que sem a razão e discernimento do Lars, vai não, rsrs... É o meu preferidinho, boca escancarada, e fala mesmo, e foda-se! Gosto de gente assim, o que infelizmente é difícil de se encontrar!
Porra, o Jason pra mim cumpriu um grande papel no Metallica, ele é um "Metallica"! Tenho grande respeito por ele, pelo trampo, por tudo o que passou... A época do Load/Re-Load é a cara dele, I don't know, rsrs...
Preciso comprar dois DVd's do Metallica, com apresentações que inclui o Cliff, são os dois primeiros...
Nuossa, deu vontade de ouvir "Until It Sleeps"... Que saudade!!! Tocava no intervalo de alimentação do JC! É, aquela escola já teve DJ, rsrs...
O fato é que TODAS as coisas, inexoravelmente, passam pelas nossas vidas... Ou passamos por elas, seja como for...
A idade, as pessoas, os acontecimentos, o bom e o ruim...
Mas existe um processo seletivo no nosso ser, onde guardamos aquilo que escolhemos como importante... Sendo bom ou ruim... E dentro do meu "bom", mora o Metallica, pra sempre...
Eu ouço, me dá gás, eu assisto, me devolve a vida... Como se eu me tocasse de que estava vivendo na inércia, rs! Eu lembro que em 2003, eu levava o cd  "Live Sh*t: Binge & Purge" no meu disckman, no caminho pro serviço, pra me ajudar a vender... E, rs, vendia!Muuuuuuuuito, rsrs!
Agora os caras estão "cinquentões"... E uma notícia que sempre tive medo de ouvir, em toda a minha vida, era de que um deles tinha morrido... Na verdade, eu tenho mesmo a pretensão de nunca ouvir isso, rsrs...
E, que lindo ver hoje o James e o Lars dar depoimentos de que suas vidas como alcoólatras e drogados era fútil e vazia... E procuravam, procuravam e não "encontravam nada", e que tudo isso era pra provarem como eram machões! É... Um dia todos os homens crescem, o foda é que muitos, quando não é bem tarde, é nunca mesmo!
Quero agradecer aqui, ao Metallica, por existir na minha época, pelo prazer de conhecê-los no meu tempo, e isso me fortalece no sentido de que valeu ter vindo agora, viver e compartilhar esses momentos, e me fazerem tão feliz! Obrigada por continuarem fazendo música, por não desistirem nos momentos ruins, e por estarem vivos até hoje... E mesmo morrendo, dentro de mim, vocês sempre estão tocando...
OBRIGADA POR TUDO, E QUE VENHA UMA PRÓXIMA TURNÊ !

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

NÃO CANSE DE SER SEXY!


Quando eu era criança eu me lembro de atrair muitos olhares masculinos... Não dos meninos, dos homens!
Eu me sentia inadequada de certa forma, e não sabia em palavra o que era aquilo...
Depois de adulta, estudei sobre crianças sensuais, e descobri que fui uma!
A criança, até os sete anos de idade, carrega na "aura" muito do que ela foi na última encarnação, e bem provável, que na minha infância, os homens sentiam o cheirinho da periguete que fui, rsrs...
Depois, conforme o jeito "opressor" que minha mãe se dirigia, sempre rígida, eu fui crescendo tentando agradá-la, e claro, com isso, a Michele-Mulher foi pro saco, afinal de contas eu queria ser santa...
Na adolescência, um ou outro garoto se dizia sentir atraído por mim, mas não era nem de longe, o modo como os homens me olhavam na infância...
Depois que fiquei adulta, me acostumei ao fato de não ver homens me querendo, nem me olhando, nem dirigindo a paquera na minha direção... Pra mim era normal...
As pessoas (mulheres) olhavam pra mim indignadas: "Mas como, você é linda, tem um corpo lindo, é inteligente, e como ninguém te quer?"
Achavam que era "kaô" meu, que falava pra ganhar confetes, e a grande verdade, é que na tentativa de ser a filha blaster perfeita e a super profissional, eu apaguei a chama feminina que existia lá trás... Sem contar a baixa auto-estima...
Não me admirava em nada, não me olhava no espelho com vergonha de mim... De verdade eu me achava feia... Uma vez que a beleza está nos olhos de quem vê!
Quando alguém me elogiava, eu ficava puta, porque achava que era pra me agradar... Eu tinha entre 20 e 23 anos...
Em 2005 nasceu uma nova Michele... Com os dois olhos bem abertos...
Aprendi muuuuuuuuuuita coisa de lá pra cá... Experimentando, lendo, vivendo de todas as formas...
Daí, claro, a cabeça mudou, melhorou, e comecei a me achar bonita quando comecei a me aceitar!
Mas mesmo com o psicológico estruturado de informações, eu não era notada...
Mesmo com a auto-etima num bom grau, eu passava desapercebida...
E foi com 29 anos que descobri que a SENSUALIDADE É ENERGIA!
Que tarde não? Rs, ah, antes tarde do que nunca!
Como descobri?  Lendo um livro, pela segunda vez porque a primeira foi em 2010, que nos ensina/incentiva/estimula a colocar nosso instinto pra fora, à tona, na superfície!
E soube estar "sensual" porque os homens passaram a me olhar como me olhavam na infância!!!
De camiseta, cabelos zuados, chinelo, e eles se jogando aos meus pés...
Gente, eu vou no mercado, que é aqui perto, vestida de qualquer jeito, e Jesus! Rsrs, tinha me esquecido de como é bom ser mulher...
O pior, é que eu cresci, e a maioria deles que querem ter algo comigo são a molecada, mais novos que eu... Aaaaaaaaaaahhhh!
Mas, comecei abordando esse assunto pra dar um recado à todos...
Quantas e quantas vezes nos arrumamos do jeito que achamos o mais fabuloso possível, e quando saímos de casa ninguém olha? "Mas, caramba, hoje eu caprichei", não é assim?
E ficamos mais indignados, quando conhecemos alguém, seja homem ou mulher, que não tem onde cair morto, quase não tem dentes na boca, e mesmo assim, tem quatro/cinco brigando por eles... "Mas o que éssa criatura tem que eu não tenho?"
BOA ENERGIA, ENERGIA DE GENTE GOSTOSA...
É um tipo de pessoa que sua sensualidade esbanje, e atinge todo mundo, sendo assim extremamente atraente...
Ué, se sensualidade fosse um corpo bonito, coitados dos gordinhos, dos magrelos, dos caras com barrigas de chop, das mulheres cobertas de celulite...
A realidade mostra que, se todo mundo tem sua tampa, é porque o que manda é a energia!
Cê pode sair com aquele vestido blaster provocante, e não surtir efeito... Aquelas outras(eu, rsrs) de jeans rasgados acaba com todo mundo!
Ué, é a energia!!!
A gente tem que ser gostoso pra nós mesmos, se olhar no espelho e dizer: "Ô delícia!" Pra poder fazer sucesso por aí...
Pensem numa coisa: Pra destruir a gente já existe os outros com esse cargo... Que não sejamos nós mesmos a ajudá-los nessa empreitada...
Não adianta passar três horas no salão de cabelereiro se sua energia está lá em baixo...
Não adianta dedicar duas horas de academia se você mal consegue se olhar no espelho, aliás, só permite se olhar no espelho se estiver bonito... Porra! Um pouco mais de consideração por você, acorda!
Eu sempre fiz exercícios físicos, e nunca ouvi tanto "gostosa" como ultimamente, cheia de celulite de tanto comer bolos e chocolates, pizzas, esfihas, enfim...
Boas dicas pra pôr sua "coisa" boa pra fora: DANCE, MAS DANCE MUITO!!! Se mate sozinho/a em casa... Se olha no espelho como se estivesse fazendo streep-tease pra você, se massageia com palavras, se toca, se olha nu!
Aceita que tudo em você é bonito...
Que tudo em você foi feito à mão...
Que tudo em você é sexy...
Que você é deliciosamente agradável!
Aceite só opiniões boas, as ruins você joga numa latinha de lixo psicológica, tipo: "Opa, essa informação não vai ficar em mim, vai direto pro lixo", e joga com força!
Quem manda em você é você!
Comece desde já a ser pra você o que você sempre esperou que viesse dos outros... Como se você estivesse na rua e alguém "mexesse" com você, se olha no espelho e toda vez manda um elogio... O espelho vai devolver a energia pra você, assim como quando você se xinga...
AS PESSOAS E A VIDA TE TRATA COMO VOCÊ SE TRATA, assim diz meu grande professor Gaspa, e passando por isso eu digo a vocês que ele está certo!
Não corrompa sua sensualidade em nome de nada, aliás, não passe por cima de sua integridade por causa de nada nem ninguém... Nossa integridade não pode estar à venda!
Ser sensual não é andar pelada, nem meter bomba nos braços... É de dentro pra fora, expandido, atingindo a todos!
Admire sua própria voz, seu falar, o modo como se expressa...
Passe a notar como aquele determinado penteado te deixa mais bonito...
Aquele perfume mais agradável...
Enfim... Faça você por você, que o resto vem!

PINK...


Tô pensando aqui... Como o mundo feminino é complexo!!!
Como nós mulheres temos tantos e tantos papéis na sociedade...
E, o mais surpreendente, é que conseguimos, rs!
Somos primeiro filha... Consequentemente irmã, prima, sobrinha, tia... Mãe!
Amiga, esposa, amante, profissional, cozinheira, faxineira, psicóloga, rsrs...
O Diabo e Deus, na mesma pessoa... E como sabemos o ser quando queremos, não?
A gente consegue infernizar a vida de quem quer que seja com a mesma devoção que dispensamos afeto, rs...
É tudo com muita força, com muita entrega, como a rosa que quer aparecer na natureza, no meio de todo o verde...
A vida, os homens, a sociedade, exige isso de nós, e não andemos na "linha" pra ver...
Quem já estudou um pouco sobre a história das civilizações, da humanidade, sabe o quanto sofremos, há milênios, sem espaço para a expressão, sem respeito como ser humano...
A Igreja chegou a dizer que a mulher não tinha alma... (Também falaram isso dos negros!)
O homem joga pedra na prostituta até hoje, e escolhe pra casar aquela que lhe parece o mais decente possível... Pra ele poder sair em paz com as putas por aí... E assim caminha a hipócrita sociedade!
Muuuuuuuuuuuitas mulheres queimadas na fogueira, como bruxas...
Muuuuuuuuuuitas mulheres castradas literalmente, pra não sentir prazer porque isso é coisa do homem...
Muuuuuuuuuuitas mulheres casadas obrigatoriamente, para a comunhão de bens entre famílias, a mulher era investimento...
Muuuuuuuuuuitas escravas estupradas por seus senhores, porque era vista apenas como instrumento de sexo...
E nem se fale aqui das mulheres estupradas pelo próprio marido, pelos próprios pais, tios, parentes...
Mulheres não podiam estudar pra não estimular sua inteligência... Muitas idéias!!!
Trabalhar então, receber salário, negativo!
Bom, tudo isso mudou, e não sei se posso dizer que foi bom...
Olhem o que é a mulher hoje!
A mulher lutou tanto por seu espaço, pela emancipação, por suas conquistas em geral... Eeeee???
Hoje, metade da banca de jornal se vê penduradas revistas com espelhos de nossos corpos, "olhe aqui, mais um pedaço de carne, aproveite"... E com que moral, dadas as circunstâncias, podemos pedir respeito??? A mulher queria respeito e espaço, e continua carne sexual pro homem!!!
Você assiste um filme pornô, e não há beijo na boca, sem falar que os caras nunca tocam nas mulheres, parecem ter nojo, e o homem acostumado a assistir isso, trata sua mulher ou as que com ele cruzar, da mesma maneira... Quando uma mulher não está transando com cinco ou seis... Nós pedimos respeito nos passado, aos nossos sentimentos... Com que moral?
A mulher quando se entrega ao trabalho, entrega-se inteira, e consegue tudo com êxito...
Mas, chega em casa, é discussão com o marido por não ter tempo pra ele, e viver cansada... E os filhos não ficam atrás, reclamando atenção!
E como conciliar esposa, mãe e profissional, sem afetar nenhum dos três???
E, o que é pior, a mulher que consegue fazer isso com maestria, porque ainda dá bola pra maledicência dos outros??? Porque se preocupa com sua imagem perante a sociedade???
Se apaixona, se envolve, se entrega... Se ilude, se decepciona, chora, sofre, cai...
Levanta, e começa tudo denovo... Com que gás?
Hoje, tudo é livre para nós, e quando não nos prendemos por algo, caímos na degradação...
2011, eu passei uma semana de férias em Porto Seguro - BA, e fui numa balada que talvez eu nunca esqueça... Meninas de rostinhos de bebês, com  a cara sem cor de tanta droga... Bêbadas, sendo carregadas pra lá e pra cá, deixando os caras fazerem o que quiserem... Cantando os funks mais vulgares que suas bocas do "sexo frágil" conseguiam pronunciar... Frágil fui eu, que fiquei 45min e saí com os olhos cheios de lágrimas de lá... Tipo: "O mundo está perdido?". Crianças que deixaram seus pais aqui no interior, na confiança da empresa que as levaram... Claro, a empresa não pode as prender... Meninas de família, que estudam em ótimos colégios... E ali, eram só um bando de putinhas ralés, que se conseguia levar pro mato por uma "balinha"...
E repito insistentemente: Onde fica o espaço e respeito que pedimos no passado?
A mulher, como descrevi lá em cima, quando não é um ser admirável por ser tão competente, é admirável por ser tão abaixo do homem...
Que o homem fique com o papel do burro, do sujo, do vulgar, incompetente, do dependente, e mesmo assim não vejo porque qualquer ser humano viver nessa condição, mas que não seja nós, as que colocam homens no mundo, chegar a ser menos que eles, pelo amor!!!
É triste a realidade de hoje... Triste ainda quando se presencia...
Entregam seus pequenos corpos a homens que dizem amá-las... Engravidam, e cadê o cara?
Aí, o filho nasce, é homem, e faz com as outras o que o grande pai dele fez...
E assim sucessivamente, incansavelmente, num ciclo vicioso, de carência feminina, e inescrúpulos masculinos!
E ninguém fala aos filhos sobre o amor... Mas, como falar daquilo que nunca sentiu?
E onde vai parar tudo isso?
Onde vai parar, onde vai parar?



E EU GOSTO ASSIM...RS


QUERO UM!!!


terça-feira, 22 de janeiro de 2013

AMOR À VIDA!


Desde a adolescência, eu percebia que os bebês, meninos, mexiam alguma coisa em mim,  me emocionavam, e eu não sabia dizer o porquê...
Depois de uns anos, eu cismei que tinha feito um aborto em outra vida...
Depois tive plena convicção, e no tarô do meu irmão saiu a confirmação de que já abortei um filho...
Bom, sei, e não sei porque fiz isso lá trás, mas hoje não quero falar, pelo menos nessa postagem, sobre os erros de minha outra existência aqui.
O fato é que hoje eu jamais faria isso, primeiro por ser contra minha índole, depois porque eu sei das ruins consequências tanto para mim como para o ser que quer nascer...
Já perdi o ovário esquerdo, além de ter uma "doença" que produz cistos, miomas, enfim, e graças aos abusos do passado...
Bom, nem todas as mulheres, ou praticamente a maioria, sabem o que realmente que significa uma gravidez, a importância, responsabilidade e compromisso com a vida, e com as vidas, uma vez que abortar, além de matar o outro ser, você pode matar a si mesma...
Claro, com o apoio do genitor, ele não morre, mas também arca... Os "médicos" do crime? Também arcam com as consequências... O cara que vendeu o comprimido abortivo? Também arca, e assim, sucessivamente, todos que estiverem envolvidos direta e indiretamente!
É uma coisa seríssima, e a mulher que puder evitar isso, faz um bem aos outros e a si mesma...
Vou tentar resumir:
Existe vida após a morte, ponto.
Existem sucessivas encarnações para o nosso progresso, ponto.
Seu espírito é eterno, ponto.
E entenda que isso não é Espiritismo, mas fatores da vida, independentemente de qualquer religião. Quer você acredite nessas coisas ou não...
Desde a concepção, ou seja, a fecundação do ser, espermatozóide e óvulo, o espírito está ligado ao feto, seu futuro corpo. E pode ter certeza, durante o ato sexual, o espírito acompanha o processo para que nada dê errado, afinal, ele é o maior interessado.
Muito bem!
Durante os nove meses de gestação, o espírito acompanha a mãe e seu corpinho, uma vez que ele ainda não pode entrar no corpo, já que dois espíritos (o da mãe e o do bebê) não ocupam o mesmo espaço (Estudei essas coisas com 18 anos e nunca me esqueço, rsrs) .
Quando a mulher vai dar à luz, no momento em que o bebê nasce, o espírito se encaixa no corpo, e por isso o béeeeeeerro, rsrs... Tanto o fato físico de ter saído de uma bolsa quentinha, quanto as luzes fortes do hospital, como a volta à esse planeta, deixando pra trás, no espiritual, a verdadeira família, tudo é motivo pra chorar!
Muito bem, parte 2!
Tudo isso é de fato bem interessante, e bonito até, quando não acontece centenas de vezes com a mesma mulher, porque aí perdeu a graça... Essa é a minha opinião!
Buuut, nem toda mulher quer ter filho, como eu, e o problema das que não quer ter é impedir o nascimento, o que já não é o meu caso...
Temos aí anticoncepcionais, camisinhas, enfim, informação pra dedel pra não ter a desculpa de que não sabia o que estava fazendo...
Mas aí você engravidou, "não pôde evitar"...
Muito bem, parte 3!
Dá a criança pra adoção, deixa no hospital, dá pra um casal que não pode ter filhos, mas deixa o espírito nascer... ( Hummm, e o que a humanidade em geral diria de você se fizesse isso né? A humanidade é tão hipócrita que prefere que você mate às escondidas do que você dar seu filho... Te entendo! )
Quando você vai matá-la numa clínica abortiva há uma corrente de espíritos, entre guardiões seu e do bebê, familiares desencarnados dos dois, torcendo para que tudo dê errado... Fora o próprio espírito que quer nascer, que sente todas as dores que o feto sente... Já viu um vídeo HORRÍVEL  disso? O feto tenta se esconder em todos os cantos do útero para que o açougueiro não o encontre, mas rola uma ultrassom, e o assassino sabe muito bem onde está tocando... O feto tenta "correr" a todo custo, enquanto o espírito dele implora à você que não o mate, que o deixe viver...
Primeiro as perninhas vão pro saco, depois os bracinhos... E o modo desgraçado como o infeliz, com aquele aparelho aperta a cabeça... É impossível não chorar! Assisti isso quando era espírita, há mais de dez anos atrás, e é uma imagem infelizmente inesquecível!
O comprimido explode tudo lá dentro, como chumbinho no rato...
A "pílula do dia seguinte" também é abortiva, uma vez que você já está grávida...
Nuossa, agora lembrei de um feto inteiro, que vi jogado num esgoto lá em São Mateus, na rua de baixo da favela... Aquilo me impressionou muito! Lembro que a galera chamou o corpo de bombeiros pra pegar...
Bom, você conseguiu o que queria...
Muito bem,parte 4!
Enquanto seu corpo se recupera do abalo físico, o espírito que você tirou a oportunidade de nascer está completamente perturbado! Uns, ficam deformados, porque é como se fosse plasmado nele o sofrimento do feto... Outros tem que ficar num sono profundo, por um bom tempo, pra dar uma amenizada no sentimento de revolta que sentem pela mãe... Outros ainda querem se vingar! Eeeeee, aí fodeu!
Existem espiritos de gente tão do bem, que eles se sentem um estorvo pra mãe que o abortou, e não querem mais "perturbar" a vida dela, optando por outra mãe ou mesmo ficar um bom tempo no astral, fazendo estudos, enfim...
Mas, nem todos são assim...
Muitos se revoltam, a ponto de jogar toda a carga energética negativa em cima da mãe, até que ela tenha uma doença grave no útero e até morra!
Em muitos casos, o espírito tem compromisso do passado com seus futuros pais, que aceitaram ser pais do mesmo, antes mesmo de nascer... Mas, daí, crescem, a cabeça vai esquecendo o que prometeu, e acaba não cumprindo com o combinado...
Tem espíritos que tentam duas, três, seis vezes... E sempre a mãe aborta!
Depois de toda a informação, agora é que entro com minha opinião: No mundo espiritual, no mundo religioso, e na maioria das cabeças humanas e as que estão lá no astral, o povo é contra o aborto, muito bem...
Mas, me pergunto, porque o espírito é obrigado a tentar nascer da mesma mãe, se ele mesmo já se cansou de ser abortado e entender o fato?
Cadê a tal da "misericórdia" pra esse espírito? Porque não uma mãe que não pode ter filhos??? Que tanto deseja ser mãe?
Aí o Espíritismo "elucida": "Ah, porque a mulher que não pode ter filhos hoje, abusou muito do fato de poder ter tido na outra vida, e abortou... E a mãe que não aceita esse espírito como filho, precisa (é obrigada) aceitar que ele TEM que ser filho dela!!!"
HIPÓCRITAS!!! Tanto aqui na Terra como no astral!!!
CADÊ O TÃO FALADO LIVRE-ARBÍTRIO???
Por isso deixei de ser espírita, apesar de frequentar assiduamente a Federação Espírita do Estado de São Paulo, por que claro, isso está me fazendo um bem danado energéticamente falando, quando o povo vem com papinho de livre arbítrio, e que o único ser perfeito foi Jesus, aquilo já começa a me irritar!
O povo se coloca abaixo, do abaixo, do abaixo, pra TENTAR se sentir humildezinho, coitadinho, merdinha, cocozinho...ÉCAAAAAAAAAA!!!
SOMOS MUITOS MAIORES DO QUE QUALQUER RELIGIÃO PREGA! ALIÁS, A RELIGIÃO É A GRANDE DOENÇA DA HUMANIDADE!
Seguir o Evangelho... Como seguir um livro que não sabemos dizer a verdade? Um livro que não está incompleto??? Ah vá!
Não vou me estressar não, deixa eu voltar ao assunto...
A religião condena as  pílulas anti-concepcionais, mas não é melhor a mulher evitar a gravidez do que matar a criança?
"Ah, mas ela tá matando a oportunidade de alguém nascer"...
Ué, então se a mulher quiser ter só dois filhos, durante a vida toda dela, ela só pode transar duas vezes??? Claro, existem métodos aí, não muito confiáveis, para que a gravidez não ocorra...
Se Deus, o Universo, a Vida, o Sol, ou seja lá o que for que nos criou, nos deu o desejo sexual além da procriação, quem é que se acha no direito de nos limitar?
Não concordo com a libertinagem e abuso da prática sexual, principalmente por saber que na maioria das vezes ou em todas, não tem amor, mas não concordo com sexo só pra procriação, sexo só depois do casamento, e toda palhaçada limitadora da religião!
Agora, é certo que se não faz por amor, o que considero a grande lástima, faça com responsabilidade!!!
Camisinha sim, contra qualquer doença porque ninguém está isento disso...
Pílulas anti-concepcionais sim, porque é preferível evitar do que matar!!!
E que a religião fique ciente de uma coisa: A pessoa que se previne e se respeita dessa maneira, nunca é um libertino, um promíscuo... Esses, de verdade, não estão aí pra porra nenhuma! Já estão, muitas vezes virados na droga e álcool, não sabem nem o que estão fazendo...
A vida nunca pode condenar uma pessoa por ser responsável, é contra a Lei do Bem!
Daí, é todo um esforço pra reencarnar, toda uma mãe que o espírito prefere ser filho, pra quando ele nasce, como presenciei tanto onde vivi a maior parte da minha vida, mal cabe no espaço que tem que dividir com não sei quantos irmãos, e a "querida" mãe espancando as crianças sempre que podem, deixando com as fraldas sujas, e leite coalhado na mamadeira, aquele nojo de ambiente... Onde, essa mulher é melhor que a que abortou?Onde é preferível esse espírito nascer nessa condição, se podia nascer numa melhor com uma mãe que realmente sentisse prazer em ser mãe?
"Ah, mas ele TEM QUE  nascer naquele lar, porque ele e a mãe dele, em oooooooooutras vidas"... E lálálá... Ah, esse papo cármico enche o saco!
É tanta "benevolência" nas palavras, mas as atitudes são tiranas!!!
Eu concordo plenamente de que o ser humano tem que ser responsável também pelas coisas ruins que faz, a si e a outrem, mas o papo empregado aqui, é que existem mulheres que não podem ter filhos, indignadas ao assisitir na televisão a quantidade de abortos que são feitos por ano no planeta...
Estou falando aqui, de mães que não querem esses determinados espíritos e tem saúde pra ter uns 30!!!
De mães que são obrigadas a aceitar os espíritos que elas rejeitam por algum motivo a ser filhos dela, e ai dela se não aceitar...
De espíritos que não podem se dar ao luxo de escolher outra mãe, porque foi abortado 20 vezes, e tem que tentar uma última!!!
Faça-me o favor...
CADÊ A LEI DO AMOR??? CADÊ A CA-RI-DA-DE??? Ela esqueceu de comparecer nos momentos reencarnacionistas?
É certo que muitas garotas de menor passam pela situação do aborto por medo dos pais... Mas, partindo do princípio de que você pode trabalhar pra sustentar seu filho e cumprir com seu compromisso, além de poder mostrar a eles que se Deus lhe enviou um filho, é porque conhece sua capacidade de criá-lo... Fora o fato de crescer junto com ele, e por causa dele, amadurecer consideravelmente... É fácil falar, eu sei, mas se quer mesmo a criança, banca! Enfrenta o mundo, pai, mãe, namorado... Ah, a mulher é potente pra tudo, ela é que não sabe!
Há também os casos em que a adolescente aborta por imposição dos pais ou namorado, ou mesmo pelos pais do namorado, enfim, por alguém...
Se fosse minha filha, e o pai, meu marido, exigisse um negócio desse, ele ia ter que passar por cima do meu cadáver... "Ah, mas e minha honra de pai, vão perguntar se eu não soube criar minha filha"... Foda-se! A língua alheia sempre está com o tanque cheio de combustível pra maldade... Qualquer atitude que tomemos na vida, seja boa ou ruim é motivo, trouxa é quem dá bola...
Mas é um caso complexo, e nem sempre a garota tem família, às vezes só tem o palhaço do namorado que só aceitará continuar com ela se ela abortar... Nós mulheres passamos por cada uma, é brincadeira!
Muita humilhação, por muitos motivos... Se fizer paga de um jeito, se não fizer paga de outro!
Se for atrás de quem errou, atrás, do atrás, do atrás, é quem nos criou e nos fez assim mesmo...
Não adianta tentar fazer os pais entender que eles precisam educar os filhos no sentido de direcioná-los pra vida, se os filhos vão jogar na cara deles que eles não tem moral pra tanto pois não fizeram com eles próprios...
Esse negócio de tentar educar o ser humano é complicado demais!
Se você educa e faz questão de fazer parte dos acontecimentos da vida do filho, ele se revolta porque diz que teve de tudo...
Se você faz questão que ele se vire sozinho na vida, pra tudo, ele se revolta porque não teve apoio de ninguém...
Cai nas drogas, álcool, e o que todo mundo já está cansado de saber...
O povo acha que ter filho é meter um macacãozinho de marca e tirar foto, rsrs...
E mais, se você tem filhos, você é condenado por alguma coisa, se você não os tem, você também o é, como eu...
Bom, vamos nos conscientizar de que, se não queremos, podemos nos previnir...
Se o concebemos, que coloquemos no mundo, mesmo que não fique conosco...
Os motivos que faz uma mulher não querer um filho é um problema unicamente dela... Mas não há argumento que justifique o assassinato!
O feto é uma vida, porque tem células e respira, e um espírito com grandes expectativas para uma nova oportunidade!
Não estrague a harmonia da natureza com seus caprichos... Faça o bem, seja responsável!  ( Na medida do quanto puder ser,é claro )

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

A SUA ALMA!


O que realmente te faz feliz?
"Realmente", aqui empregada, refere-se àquilo que te sacode pra vida, te joga pra cima e faz seu ânimo ir láaaaaaaaaaa pro alto...
Portanto, eu repito a questão: O que REALMENTE te faz feliz?
Pára de ler e reflita sobre aquilo que te traz alegria e satisfação!
Rs, só de lembrar daquilo que te trouxe felicidade, seu sorriso vem imediato pro rosto, e dependendo do que seja, até dá arrepio!
Não precisa ser necessariamente uma coisa que passou... Tem alguma coisa aí que possa te trazer felicidade agora?
Um pudim na geladeira, pronto para ser deliciosamente devorado... O seu gato subindo no teclado do pc, o maridão de boca aberta capotado na cama ( Depois daquela maravilhosa noite de amor, rsrs, já pensou? ) .
Eu tenho certeza que agora, nesse instante, existem coisas na sua vida que te fazem feliz...
Existem aquelas outras milhões que te deixam preocupado, e as outras zilhões que te deixam triste... Mas que existem aquelas coisas boas que te satisfaz a alma, ahá, EXISTE! Se você faz questão de ignorá-las, a vida é sua né? Mas tá ali hein?!
A alma...
Se formos sondar cada pessoa que conhecemos, perguntando de sua visão sobre a alma, cada um vai dizer uma coisa, a seu modo, tentar definí-la, enfim, há várias maneiras, milhões de assuntos que levam à isso, e vice-versa!
Eu só posso falar da minha, e à medida em que conhecemos a nossa, entendemos a do outro!
Isso se dá, porque em verdade somos todos diferentes... Fonte da mesma essência, sim, mas indivíduos únicos...
Então, caramba, se eu sou única com minhas "maluquices", e ninguém me entende, as outras pessoas também tem suas maluquices que ninguém entende...
É claro que a grande massa, e escrevo isso tristemente, está alienada e condenada à ser igual.
E se você faz parte da massa dos "iguais", acredite, além de não ser SÓ culpa sua, você pode sair dela!
Desde criança você aprendeu que o certo é ter "educação" ( na infância essa palavra é usada vulgarmente, numa forma de agradar aos outros, desagradando à nós! ) .
Beleza, aí você TEM que ir na festa daquele priminho chato pra cacete, porque sua mãe ou sei lá quem disse que seria falta de educação não prestigiar o cão do priminho... Isso é só um exemplo de como a sociedade exige que nos corrompemos para nos enquadrar no "igual"...
O "igual" não é gente... Ele até acha que é, mas... Depende da opinião de alguém pra comprar uma roupa, da primeira atitude de outrem pra tomar uma atitude. Se alguém mete o dedo na cara dele falando que ele é uma lista de coisas ruins, ele acredita, absorve, e fica de cama... Se alguém o elogia pela aparência ou qualquer outra coisa boa, ele nem pisa no chão, sai flutuando, tamanha a pomposidade... É asqueroso viver na dependência da aprovação dos outros... Sei disso porque fui assim!
Medo do que vai falar, do que vai vestir, do que vai escrever e expressar de alguma forma, medo do que vai pensar... O "igual" é moralmente correto... E a alma?
O "igual" não se permite, por exemplo, morrer de dançar sozinho em casa... "Ai, se o pessoal do Facebook me visse assim, que mico"!
É triste ser assim...
No meu caso, com o mundo eu sempre fui "tô cagando e andando", de verdade...
Mas eu queria agradar a minha família... Só consegui desagradar! Então que eu desagrade sendo eu,porra!
Quem vê pensa que esse processo foi fácil...  Até hoje eu sou um demônio lá na casa da minha mãe, rsrs... Mas eu aprendi tanta coisa, mas tanta, mas tanta...
Ninguém, nesse mundo, vale o preço da nossa integridade!!! Aliás, quem tem dignidade não vende a integridade para ter os aplausos de ninguém!
Que minha família, que tanto amo, seja a coisa que mais está contra mim no mundo, mas QUE EU ESTEJA DO MEU LADO!
Quando estamos conosco, não há tsunami gigrotesco que nos consiga derrubar!
Não há buraco na Terra que nos consiga afundar!
Não há palavra, seja de quem for, que nos consiga machucar!
Esse respeito que temos conosco, só adquirimos com posse de nossa alma... Quando falo de posse, quero dizer que sua alma não é sua... Uma vez que ela se "distancia" de você, por conta de sua negligência, ela é livre...
Quando você está sem alma?
Sua vida está uma merda? Há uma grande probabilidade... Mas acredite, só há a probabilidade, porque cada caso é um caso...
Final do ano passado minha vida estava de perna pro ar, e eu me sentia tão bem... A minha vida estava, mas como eu estava firme, ela foi se moldando ao meu estado, entende?
É como matemática: Você éstá bem, vai tudo bem... Está mal? Aguente as consequências!
Você paga um preço por afastar a sua alma...
Tudo aquilo que te desagrada, mas que você vai teimando por algum motivo, empurrando... Sua alma não é  escrava dos seus caprichos, eu já disse, ela é livre!
E, quanto mais você teima com ela, mas ela vai se afastando, te deixando sozinho... E você sem alma é um caos!
Todo mundo que imita a massa dos "iguais" está sem a alma! Porque a sua alma é diferente, tem gostos diferentes, jeito diferente, preferências diferentes...
Beber um copo com água, sem estar com sede, acredite, é desagradar a sua natureza, e pode até embrulhar o seu estômago!
Se seu corpo dá sinais de quando ele precisa de algo, seja com a sede, a fome, se agasalhar no frio, tomar banho gelado no calor, ficar em pé quando a bunda estiver doendo de ficar sentado, ou deitar, quando andou muito... Se o corpo avisa as nossas trilhões de necessidades, vocês acham que a alma não avisa?
Será que estamos atentos às necessidades da alma? Será que aquela situação é do meu agrado? Será que ouvir Metallica agora é o que eu quero? Será que ligo pra fulano? Escutem... A alma responde.
E, à medida em que vamos seguindo as vontades dela, ela vai voltando, ganhando força, vindo à tona, até chegar ao ponto de sua vida estar do avesso, e você estar bem,rsrs!
Essa presença da alma é tão imprescindível, que nos alicerçamos nela, com uma confiança certeira! Sabemos que tudo está certo como está agora, e que o amanhã, a vida proverá!
O gosto amargo do abandono de nós mesmos quem paga somos nós, com situações desgostosas na vida... E não tem bem que os outros nos faça que consiga nos atingir, porque simplesmente repudiamos aquilo que não conhecemos, certo? Se você não conhece o prazer que é viver com a própria alma, porque vai fazer questão de trazê-la de volta? É melhor deixar ela lá mesmo, porque assim você veste o papel de vítima para as pessoas, pra que elas passem a mão na sua cabeça, te chamem de coitado... Você não é gente,é um coito, hurgh!
E o prazer de deixar nossa alma se expandir em nós, quem sente somos nós e quem está ao nosso redor!Vibramos energias de verdade,de honestidade,e de muitas coisas boas que as pessoas não conseguem decifrar...
A sua alma é um labirinto, um mundo novo a ser descoberto... Só por você! As pessoas sentem o reflexo, mas essa intimidade é só sua...
A sua alma é pura, é perfeita! Foi arquitetada pelo Universo, então quando erramos, que raio de engenheiro nos fez? Ou então, minha gente, não erramos! Estamos apenas caminhando, caindo e levantando, tropeços de cá e até acidentes ali, mas nos descobrindo pouco a pouco, nos encontrando com o que verdadeiramente somos... E quanto mais perto de nós estamos, mais puros ficamos, mais acertamos, menos precisamos errar... Errar é sim preciso, quando não há outra alternativa para o saber... E se errar nos leva ao conhecimento do que verdadeiramente é bom, então abençoemos quando erramos, e continue a caminhada!
Você pode fazer exercícios, para estimular a existência da sua alma...
Pega uma folha (E talvez precise de mais, use quantas for necessário), e faça uma lista das coisas que realmente te agradam na vida, nas pessoas, nos trabalhos, nos estudos, enfim, em tudo!
Sua vida é sua obra... Seja um bom autor, e suuuuuuuuuuuucesso!

"A nossa alma vai embora quando nos abandonamos. Quando perdemos a alma, perdemos o gosto." CALUNGA - 04/01/09

domingo, 6 de janeiro de 2013

"ETERNA DESCONTENTE"


Pra falar sobre esse livro, eu nem sei direito como começar, porque qualquer abordagem seria boa, mas não sei qual delas eu uso!
Quando fiquei sabendo que era a "biografia" de Maria Madalena, me interessei muuuuuuuuuito, pois me identifico com a história dela, já que pra mim eu fui como ela, todos sabem! (Isso não significa que me identifico com todas as prostitutas, mas respeito suas lutas e vidas!)
Há boatos de que ela foi mulher de Jesus, e além de falar sobre isso, esse livro nos revela que os dois se conheciam de ooooooooutros carnavais, e ela o traiu nessa outra vida, o entregando como fez Judas na seguinte...
Um fato interessante, e pra mim absolutamente normal, porque se Jesus sofreu o "pão que o diabo amassou", e eu acredito na existência de muitas vidas para a alma,porque nosso Irmão estaria isento disso?
São questões que me faço desde a tenra idade... Minha mãe, ou tias, pra tentar repreender nós crianças em nossas travessuras, nos diziam: "Deus castiga"! E eu me perguntava, com 6/7 anos de idade, como é que Ele castigava se era perfeito??? Não cabia isso nas minhas idéias!
Quando meu pai faleceu,em maio de 92, eu ia fazer 10 anos em julho, e já sabia que ele estava vivo! Ninguém me falou, não li em livros, não vi em filmes... E eu já conversava com ele, e é impressionante que hoje ainda existe gente que não acredita em vida após a morte, que não acredita em reencarnações!!!
Meu Deus,se não acredita em coisas tão bobas dessas, ler um livro desse aqui é um choque!
É óbvio que era Maria Madalena, e ela não assume aqui pra não causar polêmica...
O que ela não deixa óbvio é que foi mulher de Jesus, mas pra mim não precisa,ele a amava, ama!
A essência do livro é sobre uma história de muitas lutas que ela passou, como Madalena, como Madre Teresa de Ávila, enfim, entre outras, e que não deixou se consumir pela religião!
Aliás, ela tinha verdadeira repugnância pela Igreja, de onde muitos sacertodes a queriam queimada como bruxa, por sua mediunidade... Chegou a seu conhecimento, pouco antes de morrer, que transformariam suas obras escritas, como se ela mesma as tivesse escrito, com assinatura falsa e tudo... Ficou doente de indignação, mas que força tinha contra isso? Sabia que depois de morta, a Igreja a faria santa, coisa que ela nunca foi, assim pelo menos ela não se considera, e quando estava viva, a queriam na Inquisição, considerando-a como bruxa, coisa que ela também não era!
Na minha opinião, foi uma médium de grande influência espiritual! Fez o bem sim, de coração e também por saber o quanto mal tinha feito a muita gente, inclusive, o Amor de seus amores, e pretendia se redimir, acredito que conseguiu!
É interessante lembrar algumas passagens do livro, onde espíritos afirmam as mentiras do evangelho, e eu não acredito na Bíblia,uma vez que foi constituída pelo homem...
A outra, é a própria Maria, mãe de Jesus, dizer que Virgem é a mulher considerada boa por Deus... E se tem uma coisa que não entra na minha cabeça, é como Jesus se formou dentro dela sem a fecundação...
Isso é um assunto muito vasto, e aqui eu só quero passar uma idéia do livro!
Pra quem já se perguntou sobre as coisas da vida, é uma boa dica...
Pra quem não questiona nada e sai acreditando em tudo, é melhor não ler, pode ser um terrível choque, a desilusão!
Eu, nunca conheci na Terra, alguém que eu me identificasse tanto, quanto esta mulher!
Já sentia uma atração por sua história, sabendo-a Madalena, e depois deste livro, tem minha verdadeira estima! Eu penso como ela, sou vista pela pessoas como ela, quando não me chamam de muito boa também, rsrs... Nas vezes em que se sentiu sozinha, até as reclamações são iguais, kkkkkkkkkkkkkkkkkk! As broncas que Jesus dava nela, pareciam pra mim...
Tenho certeza que, em praticamente todas as suas vivências aqui, foi uma mulher linda, forte e admirável... Onde estaria essa grande "amiga" hoje?
Se ela tivesse Facebook naquela época, perguntariam: "Ah Madre, como foi seu dia?" - "Ah, normal, vi Jesus hoje, dizendo que me ama e me espera..." Rsrs, dias normais assim...
E Jesus, que figura!!! Não consigo chamá-lo de Senhor, e ele mesmo dizia ser filho de Deus... Um filho há anos luz comparado à nós, mas é nosso grande irmão, governador da Terra, e alguém que podemos confiar... Eu também o vi, e não faz muito tempo... Foi ele quem curou meu braço, com todo seu cinismo bem-humorado!
Tomara que estejam felizes em algum lugar do Cosmos, são espíritos afins, e merecem o amor!
Bom, deixo aqui minhas impressões, e acho até que falei muito sobre o conteúdo do livro, mas o legal é que vocês leiam!
Observe mais, verifique, procure, cutuque, seja curioso, e não aceite de prontidão tudo o que lhe vier... Questione antes de dizer que acredita! Você é livre pra isso!!!