terça-feira, 27 de setembro de 2011

EMANCIPAÇÃO,FAZ PARTE!


Na semana passada fez um mês que fiz a cirurgia...
Eu tinha um cisto no ovário esquerdo,e a cirurgia foi pra tirar esse cisto...Mas,demasiadamente "acoplado" no ovário,os médicos tiveram que tirar o ovário...Ainda tenho o ovério direito...Isso significa que ainda posso ter filhos?Nooo,isso significa que o direito também corre risco!
Eu tenho endometriose,logo,menstruar me faz mal,uma fez que isso se alimenta do sangue da menstruação...(Existe um vampiro dentro de mim,rsrs)A cada vez que menstruo,isso se alimenta,e produz dentro de mim coisas que podem me fazer mal...Cistos,miomas...Câncer!Well,como tenho que tomar drogas para não mentruar,eu não posso ovular!Se eu não posso ovular,o resto vocês já sabem...
O fato de não poder ter filhos não me afeta,nem como mulher,nem como ser humano,porque eu nunca quis ter mesmo,e adotaria numa boa,porque sei que amaria,independente do sangue!
O que mexe comigo é saber que fui mutilada...Um órgão foi tirado de mim,e isso é contra a natureza!
O que dói é saber que a Metafísica mais uma vez acertou...É saber que eu fui completamente responsável por tudo isso!
Ovário,na metafísica,tem tudo a ver com a criatividade!Tanto o órgão reprodutor feminino como o masculino,tem a ver com a criatividade...Se isso aconteceu,obviamente,minha criatividade estava castrada,e ainda está...Mas,isso é uma coisa que resolverei esse ano...
Também na metafísica,problemas no útero tem tudo a ver com a minha identidade como mulher,comigo,e no meio em que vivo...Aceitar a minha feminilidade!
Rsrs,muitas vezes dou uma de machão,e esqueço o meu papel frágil na natureza...
Passei a usar "armas" pra tudo,pra me defender de tudo,como se eu corresse algum risco,e acabei esquecendo da minha doçura,da minha "sensualidade",da minha intimidade...
Vivo como um homem,penso como um homem,MAS SOU MULHER,entende?
Não me refiro a homossexualismo,porque gosto de testosterona,rsrs...
Me refiro a atitudes,ao modo como "comando" minha vida!
Ser mulher,no meu subconsciente,é ser frágil,vulnerável,é sofrer,é lutar,é correr risco de ser assaltada,de ser estuprada...
Eu sei que eu não me permito!E isso está sendo nocivo pro meu corpo,ele está apenas registrando o quanto estou sendo hostil,negligenciando minha verdade!
Na linguagem do corpo,que também está certa,problemas no útero tem tudo a ver com mágoa de homem...
Rsrs...Acho que todas as minhas outras postagens são fins que justificam os meios,certo?
Mágoa do meu pai,mágoa do meu irmão,mágoa de todos os homens que amei...Rsrs,e por aí vai...
De acordo com os chacras,o útero está no chacra vermelho,e na cromoterapia,vermelho é senso de realidade...
OU SEJA,EU ME FUDI,DE VERDE E AMARELO!
Eu sou e assumo que sou completamente responsável por TUDO isso!
Vocês se perguntam:"Ah,mas você não quis isso,quis?"
Lá vem a pior:Baseada na Lei Da Atração...
Eu passei a minha vida toda tendo cólicas menstruais...Cólicas infernais,de não aguentar meu próprio corpo,de querer pegar uma faca e tirar meu útero...Perdi muuuuuuuuuuuitos compromissos,perdi aulas na escola,perdi muitos dias em vários trampos,porque não conseguia ficar em pé...Eu não conseguia ficar em mim!
Aí,passei a adolescência toda e o começo da fase adulta desejando ter um Câncer,pra acabar logo com isso!
O que o Universo diz aos nossos desejos?À TODOS?Amém!
Estou até o pescoço com essa responsabilidade!!!
Na verdade,eu até falei com a equipe médica que eu queria que eles tirassem tudo...Eles riem,falam que mulher reclama de tudo...Mas,eu não aguento mais sentir essa dor do caralho!
Depois da cirurgia,não tomei remédio algum...
Fiquei esperando pra ver como seria a próxima menstruação...
Tchamraaaaaaaaaaam?Foi a mesma bosta de sempre!
Enquanto eu tiver essa endometriose,vai ser essa coisa bonita...E o único meio de não sentir cólica,além de tirar tudo que é fora de cogitação para qualquer médico,é não menstruar!Rsrs,enjoy!
Eu não senti dor,até agora,do corte...Foi um parto cesariana(escreve assim?),com a diferença que não saiu um baby...
Ah,e espiritualmente falando,como tenho certeza que já abortei em outras vidas,ou que já fui estuprada,ou os dois ao mesmo tempo,como posso dizer?É como um registro,que fica naquela parte do corpo,onde você sofreu tal coisa...
O ruim foi passar a primeira noite no hospital vomitando,a reação da anestesia...Hurgh!!!
Vomitava e sentia dor,claro...A primeira vez que espirrei,eu jamais vou esquecer...É como se tivessem aquecido no fogo uma faca,e passado no meu corte...A pior dor é a do espirro!
Tossi,ri muito,ri que não dava pra rir,porque doía...Rsrs,mas os motivos da sessão de gargalhadas era justificável...
Chorei...Pra cagar é foda,até hoje...Tem vezes que "sai" de boa...Na primeira semana,quase morri de dor,porque comi muito abacaxi pra cagar fácil,e parecia que tinha tomado laxante,a dor é a mesma!
Meu quarto estava só pó,porque eu não podia fazer nada...
Do extremo ruim ao extremo bom...
Em julho,eu estava numa fase tão ruim,que eu jamais pensei que teria denovo,e não queria me levantar pra trabalhar,não queria limpar meu quarto,não queria lavar a louça,não sentia motivação pra nada,e depois do meu aniversário piorou...Eu tinha certeza que se eu continuasse nesse estado emocional,eu corria risco de morte na cirurgia...Não pela competência médica e hospitalar,mas porque não há espírito que queira viver com uma mente que já desistiu!E essa seria a oportunidade...
É complicado gostar de alguém que não gosta da gente,certo?Esse era um dos motivos...
E mais complicado ainda é quando as pessoas que você faz tanta questão na sua vida não faz questão de você!
Eu estava mal,principalmente pela minha família...Não falo de tios e primos...
Mas a família aqui de casa(estou na minha mãe).
Sabe?Quando você ama um homem e ele não te corresponde,pode doer absurdamente,mas o seu bom senso sabe que mais cedo ou mais tarde vai acabar,certo?
E quando são pessoas que o sentimento jamais acaba?Parece crescer a cada dia?
Eu sei que eu sou um monstro pra minha família,que me pintam assim,porque deve ser mais fácil me ver assim do que tentar me entender...Eu sei que sou responsável por muita encrenca aqui em casa,porque não sou santa!
Muita gente me pergunta:"Michele,se eles não estão nem aí pra você,porque ainda se importa com eles?"
É foda...É foda!
Rsrs,mas,como eu mesma vivo dizendo...A vida sempre supre...Sempre provê!
No dia que fui comprar o ingresso do show do Pearl Jam,precisamente no dia primeiro de agosto,eu conheci uma mulher,uma grande mulher,que me abriu a mente pra coisas que eu não tinha acordado...
Ao mesmo tempo,algumas pessoas demonstraram verdadeira amizade na tentativa de conseguir o ingresso pra mim,e isso foi tão fofo!
E conforme chegava a data da cirurgia,até clientes me diziam coisas que eu jamais esperaria de estranhos,e sim da "minha família"...
Eu fui melhorando consideravelmente,gradativamente...
Fui conseguindo novas perspectivas pro meu futuro,que pareciam perdidas...
Na semana da cirurgia,eu só lamentava que estaria no hospital no dia da venda dos ingressos pro segundo/primeiro show do Pearl Jam...Rsrs,estava cagando e andando pra cirurgia,só minha mãe e alguns estavam nervosos,e eu sabia que ia "dar tudo certo"...
No dia que fui internada,me vi tãaaaaaaaaao sozinha naquele quarto.Mas,honestamente falando,não me senti sozinha...
E todo o pessoal da enfermagem,e médicos perguntavam se eu não tinha ninguém,se alguém ia aparecer no hospital...Rsrs,pra vocês verem como sou querida!
Na hora que fui pro centro cirúrgico,minha mãe nem tinha chegado...(Às vezes assusta à mim mesma o quanto sou sozinha!!!)
Aconteceu a cirurgia e quando fui pro quarto,minha mãe estava lá...É estranho tentar falar tanto quanto eu falo e não conseguir porque a língua está "morta",rsrs...
Os dias que minha mãe estava no hospital comigo,ela mais me dava broncas do que qualquer outra coisa...29 anos,e ainda não me acostumei com a estupidez e cara fechada peculiares dela...Mas,foi a única pessoa que foi me ver...Talvez ela me ame,não sei...(Pra vocês pode ser certeza que uma mãe ama um filho...Como eu nunca ouvi isso dela,e nunca vi demonstração de afeto,eu não posso encher minha boca e dizer que minha mãe me ama...)
Rsrs,no dia que comprei o ingresso por telefone,minha pressão estava até alta,de tão feliz que eu etava,hehe!
E queria gritar e pular,pra lá e pra cá,mas não tinha condições físicas...Parecia o Stuart,no filme "Kate & Leopold",se matando lá no hospital,kkkkkkkkkkkkkk,aquele filme é foda!
Em casa,onde moro atualmente,fui tão bem acolhida e cuidada pela família que mora comigo!
É engraçado como eu sou filha da puta...Espero tanta atenção das pessoas da minha família,e me sinto tão rejeitada,e quando as pessoas de "fora" me dão carinho,amor,atenção,eu me assusto...Me assusto à ponto de ser grossa!
Um amigo me disse que já que eu me sinto rejeitada,é falta de um pau bem grosso no cú,que aí sim eu vou me sentir rejeitada...Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!Foi ele que foi me buscar no hospital,com aquele carro que eu chamo de lata velha,e que eu prefiro andar de metrô...Como eu sou ingrata!
Mas,eu reconheço que apesar de tudo,e graças à essa cirurgia,porque nada é à toa,meus olhos se abriram pra coisas muito boas...Rs,um anjo me disse,certa vez:"Você tem que dar valor pra quem te quer!" My dear wolf,eu agarrei essa frase com todas as minhas forças,nos últimos tempos,e têm dado certo...Você é maravilhoso,e esqueci de dizer isso no último email...
Aqui,quero agradecer à minha mãe,que choraria por mim se eu morresse...Mas mãe,vaso ruim não quebra,e pra vocês eu sou um vaso ruim,certo?Uma laranja podre...Pode ficar tranquila,que baseada neste fundamento,eu não vou dar sossego pra vocês,por enquanto...Eu não posso me gabar com convicção de que eu lhe faria falta,mas tenho certeza que ficaria mal...
Quero agradecer ao meu anjo Val,minha princesa,que me acompanhou da foça,à superfície...Que disse que se eu fosse embora era pra levá-la junto comigo...Que me incentivou e me disse tantas coisas boas,rsrs...EU AMO VOCÊ VAL!
Ao meu querido braço direito Cal...Me tirou da foça de 2005,e com uma ligação me jogou pro alto mais uma vez...Qualquer palavra que eu diga é nada pra demonstrar o quanto eu sou grata por você existir na minha vida!EU TE AMO,IRMÃO!
Ao meu querido anjo Ricardo,rsrs...Eu percebi que eu sou capaz de me interessar por outro homem,e que eu estou viva,porque me sentia morta!E apesar de toda a nossa "confusão",eu não posso esquecer que você é parte integrante na nova Michele que existe em mim!Obrigada por cada mensagem,obrigada por cada ligação,obrigada pela visita,obrigada por tudo!
Ao meu EXCELENTÍSSIMO bahiano,que se mostrou mais humano do que nunca,que me "ajudou" na compra do ingresso do primeiro show,e depois me ajudou o tempo todo enquanto eu estava com diarréia no hospital e mal sabe ele que eu estava na privada enquanto teclava com ele...Obrigada por se importar comigo,por gostar de mim...NEY,VOCÊ É FODA!
Ao Edson,por ser ogro e engraçado,e mesmo assim me ajudar sempre que pode!
Às meninas da loja,pelo companheirismo,pela compreensão,por cada conselho dispensado!
À Léia,minha mãe pustiça,por ter cuidado de mim,pelo carinho pra fazer as coisas por e para mim...Por ter sido tão foda comigo!EU JAMAIS VOU ESQUECER TUDO O QUE ACONTECEU COMIGO DE BOM POR SUA CAUSA!
À Nice,por ter conseguido a cirurgia de graça pra mim,indiretamente,mas foi a responsável...
À Andréia que conheci no show do U2,por todo apoio...
À Rosana,que conheci por conta do Pearl Jam...Rô,cê não tem noção de como suas palavras me despertaram!
À minha tia Toco,prima Thaís,Joice,Clarice,Lúcia,e uma boa parte da minha família que gosta e se preocupa comigo!
À minha vida(gato) que só de existir já me tira sorrisos...
À equipe de enfermagem do hospital Beneficência Portuguesa,que não tenho absolutamente nada pra dizer de ruim,mas de bom...São foda!
À equipe médica de excelentes ginecologistas que cuidaram de mim...Recomendo à qualquer mulher!
Eu não quero ser injusta,e não me permito esquecer de alguém...
À dona Ana e dona Francisca,duas lindas senhoras que vibraram comigo quando consegui o ingresso...
À todos aqueles que não lembraram de mim nesse período,mas que me tem no coração,e pra mim isso vale muito,pra me manter viva!
Até pra morrer,tem que ser com dignidade!Morrer com dignidade é fazer falta àqueles que ficam...É machucar o coração de alguém...Como eu sei que isso não aconteceria comigo,aliás,foi bom ter acontecido esse "procedimento" porque entendi que pra algumas pessoas,que me são tão caras,a minha existência e minha presença são indiferentes,então é melhor viver,até que um dia eu possa destruir a vida de alguém com a minha ausência...Enquanto isso não acontece,vou VIVER com dignidade,e chega de medingar atenção,afeto,amor,e toda essa palhaçada...Se gosta de mim,beleza,se não gosta,NÃO SABEM O QUE ESTÃO PERDENDO!
Me permito perder tudo o que "tenho",e todas as pessoas,mas me recuso à perder minha integridade!
Eu nasci com o compromisso de sentir prazer,e é só isso que me interessa agora!
Eu me sinto ridícula quando lamento por isso ou por aquilo...Eu sei que sou foda,e que não preciso disso!
A vida é grandiosa demais para que eu lamente por pequenas coisas...Eu quero cuidar de mim!