" COMECE A USAR SUAS ASAS. ELAS PRECISAM DE EXERCÍCIO. " - Paulo Coelho


sexta-feira, 30 de setembro de 2016

PRAIA DO COQUEIRO, LUIS CORREIA - PI


Desde pequenos, nós crianças ouvimos falar nos estados do nosso Nordeste... Meu pai mesmo era alagoano, não me lembro dele falando sobre lá, mas minha tia, irmã dele, sempre falou muito!
Tenho tias casadas com homens do Piauí, e eu sempre pensava que era uma terra muito distante... Não que não seja, mas é possível pra qualquer um! Daí o povo ia pra lá nas férias ou quando algum familiar lamentavelmente partia daqui...
Eu honestamente nunca imaginei que pisaria por lá!



Em 2010, conheci uma coisa do outro mundo, que sempre falou muito da sua terra - O Piauí - e com tanto carinho, com tantas boas lembranças... Aprendi como de fato era a vida do povo por lá, o sofrimento para adquirir melhoras pelo Governo e Prefeitura, como era difícil o acesso à tantas coisas... Aprendi a respeitar essa gente, conhecendo melhor suas lutas!
O Nordeste é acolhedor! Nós paulistanos temos noção disso pelos nordestinos que aqui fizeram e fazem a vida... Um povo muito humano! Claro que um ou outro é bandido, um ou outro é intratável, mas é um povo - no geral - muito do Bem, muito generosos, mesmo com todas miséria que muitos vivem...




Eu decidi passar pelo Piauí quando estava cotando pacotes para os Lençóis Maranhenses, e as empresas mencionavam " dois dias ", e só de pensar em ficar dois dias no mesmo lugar começava a me dar coceiras...
Daí fui olhar os estados brasileiros ao lado do Maranhão, e tem Pará do lado de cá, Piauí do lado de lá, e me interessei pelo Piauí e seus pontos turísticos - as praias! Quais são as melhores praias d Piauí? Cidade Luís Correia - Praia do Coqueiro e Macapá, e em Parnaíba - o pôr do Sol na Pedra do Sal...




Meus planos eram passar o sábado nos Lençóis e o domingo no Piauí, mas, por conta própria, eu pegaria o transporte público de Barreirinhas - MA até Parnaíba - PI - isso é possível em dias de semana, e no domingo pela manhã não teria transporte público para Parnaíba - PI, e tive que mudar de planos...
Como sempre, ao invés de gastar com hospedagem, até porque rea mais um bate-volta pra minha coleção, eu fui de avião até Teresina, de lá peguei um táxi que me cobrou R$ 40,00 até a rodoviária, - 15 minutos do aeroporto, e a passagem para Parnaíba já estava comprada aqui em SP, então, vamos ao roteiro = Ali em Pinheiro, próximo à estação Faria Lima do Metrô Via 4 - Amarela, tem uma loja de turismo que atende a viação Guanabara, e com eles comprei o trecho Teresina - PI/Parnaíba - PI (6hs de estrada), e de lá peguei Parnaíba - PI/São Luís - MA (9hs de estrada) - conclusão = DORMI PRA CARALHO, vamos à correria!




Saí do serviço aqui no Brás às 17:45hs na sexta-feira, 09/09/2016 e fui rápido para a Barra Funda. De lá, peguei o ônibus da Azul que me levou gratuitamente até o Viracopos - Campinas - SP - Uaaaal, que aeroporto lindo! Era em torno de 20:30hs e meu voo estava para embarcar às 23:30hs, ou seja, precisava usar esse tempo pra meu proveito! Saí do serviço sem tomar banho, e como cheguei na Barra Funda - que tem banheiro com chuveiro - mas o ônibus da Azul já estava para sair, eu não queria perder o buzão e acreditei que o blaster Viracopos tinha chuveiro - não, não tinha! Bom, eu tinha feito pé e mão mas levei o esmalte para dar um último retoque - quarta ou quinta mão, pá garantí! E conheci uma piauiense meio cismada, mas gente boa... Deu tempo de desabafar todas as mágoas da vida, até que chegou o momento de nosso embarque, sentamos algumas poltronas distantes, mas beleza... Tinha um imbecil do meu lado, que acho que pensou que ia transar comigo dentro do avião... Não bastasse a minha tensão com o próprio voo, já que meu último foi o pior da minha vida - Porto Alegre, RS, quando fui conhecer Gramado, e ainda tinha que passar 3hs com os olhos bem abertos pro maníaco sexual não tocar em mim... Ele olhava as aeromoças como se tivesse alguma chance - " Nossa Michele, como você pode saber que ele não tinha chance? " É que aquele ali não tem chance com ninguém, kkkkkkkkkkk!




O voo foi tranquilo, chegamos em Teresina já estava um calor do caralho e aquele vapor horrível quando abre a porta do avião...
Como ainda nem era 03:00hs da manhã, acompanhei minha colega do Piauí para pegar as malas na esteira, eu estava com minha mochila, sem malas... No banheiro, conhecemos uma simpatia de colega do Maranhão, e ficamos batendo papo no micro aeroporto de Teresina... A rodoviária da Barra Funda é maior! O problema não é o tamanho do aeroporto, mas a infraestrutura! Não tinha banheiro com chuveiro, e apesar de ter bastante gente embarcando e desembarcando àquela hora da manhã, só tinha a Casa do Pão de Queijo aberta com seus preços abusivos, e eu morrendo de fome, cansaço, suja, acabei  comprando barrinha de cereais e Nescau numa lojinha, e foi quase o preço de uma pizza aqui em SP! Meu ônibus, partindo da rodoviária, era às 06:00hs, então quando deu 5:00hs fui pegar o táxi, e o rapaz do Pará foi bem gente boa... Cheguei na rodoviária, troquei meu comprovante pela passagem e até que enfim, fui tomar banho, rsrs! 




Era sábado, 05:30hs da manhã, 30°C em Teresina!

TO BE CONTINUED...

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

" CAMINHANDO "... COM CALUNGA


" Oi, minha gente, fazia tempo que a gente não mais se encontrava para conversar sobre aquelas coisas que às vezes fica um pouco difícil falar, difícil ouvir e difícil realizar. Falo realizar porque tudo na vida ultrapassa o limite do falar e ouvir. Realizar é preciso.
Hoje vamos falar sobre caminhos.
Caminhos que conduzem ao bem, caminhos que conduzem ao mal, caminhos que levam ao nada e caminhos que podem levar onde você determinar e para isso, você só tem que querer e realizar.
Fico no astral, minha morada atual, ouvindo e observando todas estas pessoas aí da Terra reclamando da vida, das dificuldades, das coisas atrapalhadas, emperradas e daquilo que não conseguem fazer.
Olha, minha gente, nessa nossa vida a dificuldade não existe de fato. É a mente que cria a dificuldade. Não bastasse criar a dificuldade, ainda alimentam a sua obra-prima com o requinte dos pensamentos negativos, de angústia, de desespero, de temor e incerteza diante da vida, Mas você sabe, além do medo, qual é o maior alimento para as dificuldades: é a incrível capacidade que você tem de se esquecer que foi criado com um coração feito para amar.
Acreditando ou não, tenho observado que de repente você fica sofrendo de uma amnésia temporária. É como o esquecer de si, perder o rumo de encontro consigo, do encontro com o deus interior, todo força, poder e maravilha.
Você já ouvir falar do amor caminho? E do caminho do amor?
Muito bem, resolvi neste instante que vou trocar a palavrinha caminho pela palavrinha estrada. Vou chamá-la de estrada. Vou chamar caminho de estrada, mas de estrada do amor.
Você já ouviu falar da estrada do amor?
Ela é uma grande avenida, cheia de flores multicoloridas e perfumadas com a essência de seus melhores sentimentos e que espalha para seus caminheiros o perfume da renovação e beleza para essa vida da gente.
Quando a gente começa a se preparar para por o pé nessa estrada, a poeira se levanta e muitas vezes pensamos em desistir, desistir de encontrar e seguir o caminho, o caminho verdadeiro.
Você pode imaginar o que é encontrar o caminho verdadeiro?
Encontrar o caminho verdadeiro é encontrar e seguir as pegadas de Jesus, o seu projetista, arquiteto e construtor.
Para seguir nessa estrada, minha gente, nada mais é preciso que abrir o coração, amar e sentir.
Nada mais é preciso que abrir o coração, deixar-se ser, abandonar-se naquele calor gostoso de ser você mesmo, de sentir-se, perceber-se como criatura de Deus, de se amar, amar e viver. Que fonte!..."





AUTOR: CALUNGA, por Rita Foelker

FESTA DAS CEREJEIRAS, PARQUE DO CARMO - SP





























sábado, 24 de setembro de 2016

" TEMPO CERTO " - PAULO COELHO


" De uma coisa podemos ter certeza:
de nada adianta querer apressar as coisas;
tudo vem ao seu tempo,
dentro do prazo que lhe foi previsto.
Mas a natureza humana não é muito paciente.
Temos pressa em tudo e aí acontecem
os atropelos do destino,
aquela situação que você mesmo provoca,
por pura ansiedade de não aguardar o tempo certo. Mas alguém poderia dizer:
Qual é esse tempo certo?

Bom, basta observar os sinais.
Quando alguma coisa está para acontecer
ou chegar até sua vida,
pequenas manifestações do cotidiano
enviarão sinais indicando o caminho certo.
Pode ser a palavra de um amigo,
um texto lido, uma observação qualquer.
Mas, com certeza, o sincronismo se encarregará
de colocar você no lugar certo,
na hora certa, no momento certo,
diante da situação ou da pessoa certa.

Basta você acreditar que nada acontece por acaso. Talvez seja por isso que você esteja
agora lendo estas linhas.
Tente observar melhor o que está a sua volta.
Com certeza alguns desses sinais
já estão por perto e você nem os notou ainda.
Lembre-se, que o universo sempre
conspira a seu favor quando você possui um
objetivo claro e uma disponibilidade de crescimento. "


TEMPO CERTO, PAULO COELHO

ATÉ OUTRO DIA, CIDADEZINHA LINDA!!!